Acompanhamento Odontológico em Pacientes Hospitalizados

  • Alan Moreira Barbosa Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Aline Alves Queiroz Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Débora Araújo Morais Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Bruna Caroline Gomes Silva Faculdade Patos de Minas - FPM
  • Roberto Wagner Lopes Góes Faculdade Patos de Minas - FPM
Palavras-chave: Periodontal, Dentista, Pacientes

Resumo

INTRODUÇÃO: Os pacientes hospitalizados, muitas vezes se encontram totalmente dependentes de cuidados, portanto, impossibilitados de manter uma higienização bucal adequada, necessitando do suporte de profissionais da saúde. A presença da placa bacteriana na boca pode influenciar as terapêuticas médicas, devido aos fatores de virulência dos microrganismos que nela se encontram, os quais se agravam pela presença de outras alterações bucais como a doença periodontal, cáries, necrose pulpar, lesões em mucosas, dentes fraturados ou infectados, traumas provocados por próteses fixas ou móveis que podem trazer para o paciente repercussões na sua condição sistêmica. OBJETIVO: Esse trabalho tem como objetivo, mostrar a importância da presença de um cirurgião dentista em âmbito hospitalar como suporte no diagnóstico das alterações bucais e como coadjuvante na terapêutica médica. METODOLOGIA: Este trabalho conta com revisão bibliográfica que dará suporte e orientação ao desenvolvimento do tema. DISCUSSÃO: Dentre as doenças bucais existentes, destaca-se a periodontal, em que a presença de microrganismos gram-negativos é semelhante aos encontrados nas diversas infecções crônicas e respiratórias. Doença periodontal é o principal problema bucal que acomete os pacientes hospitalizados, sendo o tratamento periodontal o de maior necessidade. A presença do cirurgiões dentistas nas equipes multiprofissionais dos hospitais é de extrema importância para esse tratamento. Os pacientes hospitalizados apresentam uma higiene bucal precária, o que facilita o desenvolvimento da doença periodontal. Além disso, segundo Ragon et al.17, os pacientes apresentam predisposição a adquirir patógenos respiratórios advindos do biofilme dental. Com isso é necessário que haja a integração da promoção de saúde bucal aos programas de saúde pública hospitalar a fim de que, dessa forma, busquem uma melhor qualidade de vida e saúde geral aos pacientes. CONCLUSÃO: conclui-se que a presença do Cirurgião Dentista, no acompanhamento de pacientes hospitalizados é de suma importância para o controle das doenças periodontais diminuindo o risco de surgimento de doenças cardíacas coronárias, endocardite bacteriana, acidente vascular cerebral e doenças respiratórias

Publicado
27-12-2021
Como Citar
Barbosa, A., Queiroz, A., Morais, D., Silva, B. C., & Góes, R. W. (2021). Acompanhamento Odontológico em Pacientes Hospitalizados. Revista De Odontologia Contemporânea, 5(1 Supl 2), 5. https://doi.org/10.31991/v5n1sup22021aophosp