Fibrina Rica em Plaquetas e suas bases para aplicação na Odontologia

Palavras-chave: Fibrina rica em plaquetas, Fatores de crescimento, Regeneração tecidual, Agregados plaquetários

Resumo

Introdução: A Fibrina Rica em Plaquetas – PRF é um concentrado plaquetário autógeno de segunda geração que por suas propriedades, demonstrou resultados positivos e satisfatórios em aplicações odontológicas ajudando significativamente na recuperação do paciente contribuindo na regeneração, cicatrização tecidual e até mesmo a regeneração óssea. Objetivo: Relatar os tipos de componentes sanguíneos que se encontram presentes na composição dos agregados plaquetários, descrever as características e propriedades da Fibrina Rica em Plaquetas e aplicações da Fibrina Rica em Plaquetas em procedimentos orais analisando os benefícios obtidos. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura qualitativa que descreve a aplicabilidade e os benefícios do PRF em procedimentos odontológicos, além de estabelecer uma base para futuros estudos relacionados ao tema. Discussão: O PRF um biomaterial autógeno, de obtenção rápida, com baixo custo, sem contraindicações e atóxico, resultante da centrifugação do sangue venoso do próprio paciente. É obtido por um processo de centrifugação específico sem uso de aditivos, resultando na obtenção de uma fibrina rica em leucócitos, plaquetas, fatores de crescimento e citocinas. Foi desenvolvida por Choukroun em 2001 para ser utilizado em cirurgias orais e maxilofaciais auxiliando na cicatrização tecidual favorecendo o crescimento e reparo dos tecidos danificados, atualmente as aplicações clínicas do PRF na odontologia podem ser intraorais e extraorais. As aplicações de PRF são indicadas em diversos tipos de procedimentos orais como: estabilização de materiais de enxerto, elevação do seio maxilar em combinação com enxertos ósseos, cobertura de raízes expostas devido recessões gengivais, preservação do alvéolo após avulsão dentária ou exodontia, tratamentos de defeitos de furca, tratamento de lesões endodônticas e periodontais, tratamento de defeitos ósseos, cobertura da área doadora para enxerto gengival livre, associação em implantes, dentre outros. Pode ser utilizado em todos os tipos de mucosa e apresenta capacidade de desenvolver uma neovascularização. A obtenção de resultados satisfatórios em relação à aplicação de PRF na odontologia está relacionada à forma como é produzida e utilizada. Conclusão: Os estudos com PRF demonstraram ser promissores apresentando vantagens em suas aplicações odontológicas, apesar que são necessários mais estudos em relação aos benefícios a longo prazo.

Publicado
27-12-2021
Como Citar
Da Silva, F. M. F., Paranhos, L. R., Nascimento, F., Dietrich, L., & Costa, M. D. M. de A. (2021). Fibrina Rica em Plaquetas e suas bases para aplicação na Odontologia. Revista De Odontologia Contemporânea, 5(1 Supl 2), 17-18. https://doi.org/10.31991/v5n1sup22021lprfodonto