Substituição de restaurações de resina composta em incisivos superiores: relato de caso clínico

Palavras-chave: Reparação de restauração dentária, Resina composta, Restauração dentária permanente

Resumo

Objetivo: descrever relato de caso clínico de substituição de restaurações em dentes anteriores, demonstrando também o procedimento de manutenção de polimento da restauração após um ano de acompanhamento clínico. Material e método (Relato do caso): paciente de 27 anos de idade, sexo masculino compareceu a clínica odontológica da Escola Técnica de Saúde da Universidade Federal de Uberlândia, com queixa estética das restaurações nos dentes 11 e 21. Foi realizada anamnese, exame clínico e radiográfico. Durante a avaliação clínica, constatou-se presença de restaurações em resinas compostas com cor e forma insatisfatórias nos dentes 11 e 21. O paciente relatou insatisfação quanto às formas arredondadas dos dentes e que as restaurações haviam sido confeccionadas há 6 anos da data da presente consulta, após episódio de traumatismo dental. Após a realização dos exames iniciais, nenhuma alteração radiográfica e clínica significativa foi diagnosticada, sendo proposto para o paciente a substituição por novas restaurações diretas em resina composta nos dentes 11 e 21, além de reanatomização do dente 12. Após a remoção das restaurações antigas, foi realizado preparo para auxiliar no mascaramento de leve alteração de cor, para em seguida, ser realizado o protocolo de adesão, estratificação das restaurações com resina composta e a finalização (acabamento e polimento). Resultados: Após todos os ajustes oclusais (cêntrico e excêntricos), nota-se que a cor e forma dos dentes foram restabelecidos. Em vista lateral e frontal do sorriso, nota-se que a harmonia foi recuperada. O paciente foi orientado quanto aos hábitos e cuidados de manutenção das restaurações. Em avaliação após 12 meses, as restaurações estavam satisfatórias, observando-se apenas leve alteração de cor na incisal do dente 22. Sendo assim, somente polimento com disco abrasivo de menor granulação seguido por disco de feltro com pasta de polimento foi realizado para devolver a lisura e o brilho da restauração. Conclusão: as restaurações anteriores com resina composta direta permitiram alcançar bons resultados estéticos e funcionais, além de manter boas características após um ano de proservação. Assim, a resina composta demonstrou ser um excelente material restaurador para essa situação clínica e sua manutenção periódica diminui o envelhecimento acelerado da restauração.

Publicado
27-12-2021
Como Citar
Martins, J., Mesquita, C., Peres, T., Cardoso, I., Vilela, A. L., Rodrigues Gomes, S., Reis, B., & Machado, A. (2021). Substituição de restaurações de resina composta em incisivos superiores: relato de caso clínico. Revista De Odontologia Contemporânea, 5(1 Supl 2), 44-45. https://doi.org/10.31991/v5n1sup22021substituicaoderc