ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO AOS PACIENTES COM HIV/AIDS

  • ROBERTO PEREIRA DE ARAÚJO FACULDADE PATOS DE MINAS
  • Meiriely Fonseca Ribeiro Faculdade Patos de Minas
  • Lia Dietrich Faculdade Patos de Minas http://orcid.org/0000-0001-7887-8591
  • Roberto Wagner Lopes Góes Faculdade Patos de Minas
  • Aletheia Moraes Rocha
Palavras-chave: AIDS, HIV, Lesões bucais, Tratamento, Conduta, odontologia

Resumo

A síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA ou AIDS) é uma doença infectocontagiosa de alta prevalência mundial e de grande relevância para a sociedade. Descoberta em 1981, a AIDS deixou de ser atribuída aos grupos de risco para ser relacionada a comportamentos de risco. Com o advento de coquetéis antirretrovirais que melhoraram a qualidade de vida dos pacientes e minimizaram as mortes por doenças oportunistas, criou-se uma falsa imagem de segurança, fato que tem levado as pessoas a não se prevenirem adequadamente. Por se tratar de uma pandemia com milhões de pessoas infectadas, a AIDS tornou-se um assunto de grande interesse para os profissionais da saúde. Neste contexto, o cirurgião dentista deve cumprir seu papel atendendo esses pacientes com respeito e dignidade, fazendo uma avaliação clínica minuciosa a fim de identificar possíveis lesões na cavidade oral, proceder a conduta correta em casos de exposição ocupacional ao vírus, além de orientar os pacientes a procurarem atendimento médico para tratamento, fato que pode prolongar-lhes a vida com qualidade e dignidade. O portador do HIV pode, hoje em dia, conviver com o vírus sem maiores problemas, necessitando de controle terapêutico adequado e adoção de hábitos de vida saudável.

Publicado
28-01-2022
Como Citar
DE ARAÚJO, R., Ribeiro, M., Dietrich, L., Góes, R., & Rocha, A. ( ). ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO AOS PACIENTES COM HIV/AIDS. Revista De Odontologia Contemporânea, 2(1), 28-36. Recuperado de https://rocfpm.com/index.php/revista/article/view/56