Hipomineralização molar-incisivo

Palavras-chave: Hipoplasia de esmalte dentário, Anormalidades dentarias, Amelogênese

Resumo

O termo Hipomineralização Molar Incisivo (HMI) se refere à alteração na estrutura do esmalte dental relacionada à fatores ambientais. Há diminuição no processo de mineralização do esmalte e, portanto, alterando sua qualidade; pode afetar um ou todos os quatro primeiros molares permanentes, com frequente associação dos incisivos permanentes. A finalidade desse trabalho é ampliar o conhecimento de cirurgiões dentistas e principalmente odontopediatras, sobre a etiologia e características clínicas da Hipomineralização molar-incisivo, pois podem apresentar alterações clínicas significativas.  A seguinte revisão de literatura foi realizada no período de janeiro do ano de 2019 até Abril do ano de 2020 e as bases de dados consultadas foram Scielo, Google Acadêmico, BVS, Lilacs e PubMed. O presente estudo será um parâmetro para cirurgiões dentistas e odontopediatras, possibilitando um melhor tratamento e prognóstico da hipomineralização molar-incisivo, diminuindo erros de diagnóstico e devolvendo a função e estética nos dentes que possuem esse defeito.

Publicado
01-01-2021
Como Citar
Vergutz, P., & França, M. (2021). Hipomineralização molar-incisivo. Revista De Odontologia Contemporânea, 5(1), 50-55. https://doi.org/10.31991/v5n12021rochipomineralizacao