A vulnerabilidade à lesões bucais malignas em motoristas de caminhão.

  • Iza Beatriz Alves Chaves Faculdade Patos de Minas
  • Sheyla Ribeiro de Melo
  • Daniely Souza Santos de Oliveira
  • Cizelene do Carmo Faleiros Veloso Guedes
  • Roberto Wagner Lopes Góes
Palavras-chave: câncer, anfetamina e lesões

Resumo

 Introdução: Os caminhoneiros são um grupo de risco para as lesões bucais malignas, visto que, estão expostos a vários fatores predisponentes à doença. Dessa forma, mencionamos, por exemplo, a rotina de cada um: muito tempo de exposição solar, alto índice de consumo de drogas, como, anfetamina, consumo de tabaco, má alimentação, pouco tempo para higienização bucal e elevado estresse. Além disso, pesquisas mostram que os motoristas de caminhão têm pouco conhecimento sobre o assunto, dificultando a prevenção. Objetivo: Apresentar a alta incidência de lesões malignas em caminhoneiros e a importância de orientação e conscientização dos mesmos. Metodologia: Foi concluída uma revisão de literatura sobre o tema: ‘’conhecimento e fatores de risco do câncer de boca de um programa de prevenção para motoristas de caminhão’’ pesquisada através do google acadêmico,mediante ao artigo do ano de 2011. Conclusão: Os dentistas devem dar uma atenção especial a esse grupo, desenvolvendo formas de levar informação a cada um e fazer o diagnóstico das lesões. Assim, faz-se necessário a transmissão de conhecimento para que seja feita a realização do autoexame bucal e sobre a importância do acompanhamento odontológico.

Publicado
20-07-2019
Como Citar
Chaves, I. B., de Melo, S., de Oliveira, D., Veloso Guedes, C., & Góes, R. (2019). A vulnerabilidade à lesões bucais malignas em motoristas de caminhão. Revista De Odontologia Contemporânea, 3(1 Supl 1), 15. https://doi.org/10.31991/iiisdpbucalv3n1201915
Seção
Resumos ANAIS Simpósio de Detecção e Prevenção Câncer de Boca Noroeste Minas