O uso da laserterapia como coadjuvante no tratamento de câncer de cabeça e pescoço

  • Juliana Domingos Castanheira Faculdade Patos de Minas
  • Ana Clara Leles
  • Clara Araújo Borges
  • Claudia Maria de Oliveira Andrade
  • José Jorge Vianna Júnior
Palavras-chave: Câncer de cabeça e pescoço. Radioterapia. Pacientes

Resumo

Introdução: O câncer de cabeça e pescoço é mais comum em homens acima de 40 anos, é o 4º tumor mais frequente no sexo masculino na região Sudeste do Brasil. Os tratamentos para esses tumores depende de sua localização, grau de malignidade, saúde do paciente; tudo isso deve ser levado em consideração. Porém o tratamento que mais traz consequências é a radioterapia, pois além de eliminar células neoplásicas ela também ataca as células saudáveis do organismo; causando mucosite, xerostomia e até mesmo osteorradionecrose. Em função disso, o laser de baixa potência vem sendo usado afim de amenizar as consequências deixadas por esse tipo de tratamento. O laser de baixa potência emite variados comprimentos de onda com ações anti-inflamatórias, analgésicas, melhora na cicatrização e é capaz de regenerar tecidos. Objetivo: O objetivo deste trabalho é mostrar os benefícios da laserterapia no tratamento complementar de tumores em cabeça e pescoço, visando o bem estar do paciente. Metodologia: Foi realizado um levantamento bibliográfico qualitativo e exploratório em artigos, livros e bancos de dados como a BVS, SciELO e Pubmed. Conclusão: Portanto, o laser traz o bem estar para o paciente, amenizando as consequências deixadas pelo tratamento radioterápico.

Publicado
21-07-2019
Como Citar
Castanheira, J., Leles, A., Borges, C., Andrade, C. M. de, & Júnior, J. J. (2019). O uso da laserterapia como coadjuvante no tratamento de câncer de cabeça e pescoço. Revista De Odontologia Contemporânea, 3(1 Supl 1), 54. https://doi.org/10.31991/iiisdpbucalv3n1201954
Seção
Resumos ANAIS Simpósio de Detecção e Prevenção Câncer de Boca Noroeste Minas