Tratamento de Mucosite Oral com Laser de Baixa Potência

  • Anna Flávia Esteves Ferreira Fpm
  • Isabella de Melo Veloso
  • Cizelene do Carmo Faleiros Veloso Guedes
Palavras-chave: Câncer., Mucosite Oral, Laser de Baixa Potência

Resumo

INTRODUÇÃO: Pacientes portadores de câncer que são submetidos à radioterapia na região de cabeça e pescoço, e/ou quimioterapia em altas doses, são em sua maioria afetados pela mucosite oral. A mucosite é uma lesão inflamatória dolorosa da mucosa, que pode causar perda de nutrição dos pacientes devido à dificuldade para alimentação, eventualmente levando a interrupção do tratamento oncológico, o que leva a perda da qualidade de vida. O laser atua estimulando células cicatriciais, acelerando o processo de reparo e reduzindo o processo inflamatório agudo. Também permite que seja liberado B-endorfina, nas terminações nervosas de cada ulcera, com isso, eliminando na maioria das vezes, na primeira sessão o desconforto e a dor do paciente. OBJETIVO: Ressaltar que o laser de baixa potência é eficaz tanto na prevenção, como na melhora do quadro de mucosite em pacientes com câncer. METODOLOGIA: Foram pesquisados artigos científicos nas bases de dados: SCIELO, LILACS e GOOGLE ACADÊMICO nos anos de 2006 a 2016. CONCLUSÃO: Portanto, a terapia com laser de baixa potência aplicada pelo cirurgião dentista é uma tecnologia usada tanto para prevenir quando para tratar a mucosite oral.

Publicado
21-07-2019
Como Citar
Ferreira, A. F., Veloso, I., & Guedes, C. do C. (2019). Tratamento de Mucosite Oral com Laser de Baixa Potência. Revista De Odontologia Contemporânea, 3(1 Supl 1), 65. https://doi.org/10.31991/iiisdpbucalv3n1201965
Seção
Resumos ANAIS Simpósio de Detecção e Prevenção Câncer de Boca Noroeste Minas