Ozonioterapia como Coadjuvante do Tratamento de Neoplasia

  • Bárbara Maris Caliari FPM faculdade patos de minas
  • Paula Teles Rezende
  • Verônica Alves Pereira Melo
  • Cizelene do Carmo Faleiros Veloso Guedes
  • Lia Dietrich Faculdade Patos de Minas - FPM https://orcid.org/0000-0001-7887-8591
Palavras-chave: neoplasias, tratamento, prevenção

Resumo

 INTRODUÇÃO: A ozonioterapia era utilizada nas feridas dos soldados na segunda guerra mundial, sendo uma mistura de gazes (oxigênio e ozônio), podendo ser administrado por diversas vias (exceto vias aéreas por ser tóxico para os pulmões) e, em variadas doses dependendo da indicação: bactericida, fungiostático; usado para inibir o crescimento de células cancerígenas e podendo atuar de forma preventiva e terapêutica aliviando os efeitos tóxicos decorrentes do tratamento antineoplasico e também proporciona um bom funcionamento dentro do organismo, facilitando a desintoxicação e a divisão celular. OBJETIVO: Ter o conhecimento sobre a ozonioterapia e suas aplicabilidades afim de melhorar a qualidade de vida dos pacientes. METODOLOGIA: Foi realizada uma revisão da literatura, com base em artigos científicos, utilizando as seguintes palavras -“ozonioterapia”, “neoplasia” e “boca”, no banco de dado: Google acadêmico, nos anos de 2001 a 2018. CONCLUSÃO: A ozonioterapia é utilizada para prevenção de neoplasias ou ainda como coadjuvante na estabilidade da neoplasia já instalada ou do avanço da severidade desta, devendo sempre ser utilizada associada ao tratamento oncológico.

Publicado
21-07-2019
Como Citar
Caliari, B., Rezende, P., Melo, V., Guedes, C., & Dietrich, L. (2019). Ozonioterapia como Coadjuvante do Tratamento de Neoplasia. Revista De Odontologia Contemporânea, 3(1 Supl 1), 58. https://doi.org/10.31991/iiisdpbucalv3n12019158
Seção
Resumos ANAIS Simpósio de Detecção e Prevenção Câncer de Boca Noroeste Minas